CloudLinux: O que é? Por que preciso dele?

  • Home
  • cPanel
  • CloudLinux: O que é? Por que preciso dele?

Se você trabalha com hospedagens ou possui um site, é muito provável que já tenha ouvido falar do CloudLinux. A ferramente costuma ser oferecida por provedores de hospedagem, acompanhada das informações de hardware que a hospedagem fornece. Mas, afinal, o que é isso? Para que ele serve? Já vamos lhe explicar.

O que é?

cloudlinux

Com o tempo, os altos índices de uso de CPU e lentidões começaram a atingir o mercado de hospedagem, e isso não agradou os consumidores. Por conta disso, havia a necessidade de uma ferramente que pudesse lidar de forma prática com os recursos do servidor para que houvesse maior estabilidade. E foi assim que, em 2010, surgiu o CloudLinux, projetado especificamente para atender provedores de hospedagem.

O CloudLinux é uma espécie de sistema operacional para Linux, que pode ser instalado sobre o CentOS/cPanel; com o cPanel, o CloudLinux também pode ser instalado posteriormente. Sua principal função é reduzir a carga do servidor, limitando os recursos fornecidos para cada conta de hospedagem.

Atualmente, o CloudLinux é praticamente indispensável por qualquer provedor de hospedagens que se preocupe com a estabilidade de seus serviços; sendo essa ferramenta uma das maiores responsáveis pela contensão de recursos do servidor.

Como funciona?

Em servidores que não possuem o CloudLinux, é comum que ocorram problemas com altas cargas, o que pode levar à lentidão extrema, e até mesmo à queda do serviço; às vezes, causado por uma única conta de hospedagem.

A função do CloudLinux é fazer o isolamento de recursos de cada uma das contas, com recursos pré-definidos pelo usuário root, impedindo que o consumo de hardware de cada conta interfira nas demais e no servidor como um todo. Além disso, é possível criar pacotes com limites diferentes, também sendo possível alterar manualmente os limites de cada conta/pacote de hospedagem.

Por que usá-lo?

recursos

Se você é um usuário final, os principais motivos para usá-lo são:

  • A garantia de recursos, já que estão pré-configurados;
  • Certeza de que o servidor será mais estável;
  • Demais contas de hospedagem não influenciarão na sua;
  • Maior variedade de versões PHP.
  • Acompanhamento em tempo real dos recursos utilizados, através do cPanel;

Se você é proprietário de um servidor, os principais motivos são:

  • Isolamento das contas de hospedagem, assegurando recursos;
  • Maior atratividade, visto que muitos clientes buscam esse recurso;
  • Maior estabilidade no servidor;
  • Um período de teste é oferecido, podendo usar gratuitamente por alguns dias;
  • Maior disponibilidade de versão alt-PHP, desde a 4.4 até a 7.3;
  • Opção de escolha de cada uma das extensões a ser instalada no PHP, podendo ser feito pelo próprio cliente;
  • Melhoria da segurança, através do CageFS;
  • Monitorar, em tempo real, quanto hardware cada conta está usando.

Limitações

cloudlinux limites cpu ram io

Como já foi dito, você poderá criar pacotes com várias limitações de recursos para cada uma das contas. Confira a lista completa dos recursos limitáveis:

  • CPU (processamento);
  • RAM Fìsica;
  • RAM Virtual (não recomendado);
  • I/O (entrada e saída de dados);
  • Inodes soft;
  • Inodes Hard;
  • EP;
  • IOPS;
  • Processos simultâneos

Suporte e Compatibilidade

A equipe de suporte da ClouLinux é muito atenciosa e bem preparada. Com um baixo tempo de resposta e atendentes muito educados, eles lhe dão total auxílio ao usuário e, em outros casos, até acessam seu servidor e resolvem o problema por você. Além disso, eles também auxiliam na obtenção de diagnóstico, e têm um sistema inteligente de “Doctor”, que lhe fornece um código de erro que é passado à equipe, contendo exatamente as informações do problema.

O CloudLinux é totalmente compatível com o cPanel (dentre outros painéis), não causando nenhum problema de compatibilidade com plugins instalados em seu servidor.

Conclusão

O CloudLinux já é um recurso praticamente indispensável. Suas funções asseguram um alto uptime e reduz em até 10x o número de reinicializações do servidor – poupando muitas reclamações. Tendo em vista seu preço ($14), o valor se torna muito baixo em relação ao benefício proporcionado.

Além de tudo, o sistema é um bom atrativo para novos clientes, já que muitos conhecem e procuram por essa ferramenta. Sem contar que é possível criar planos personalizados, com diferente predefinições de limites dos recursos, aumentando ainda mais a rentabilidade e controle sobre os recursos das contas.

Por isso, você precisa do CloudLiux e, se está procurando por hospedagem ou revenda, clique aqui e teste nossos serviços com 30 dias grátis. Todos os planos incluem o CloudLinux.

Deixe uma resposta