certificado ssl

O que é e quais são as Vantagens do Certificado SSL

O tão famoso Certificado SSL não é nenhuma novidade para a maioria dos proprietários de websites, já que constantemente acessamos algum site que tem aquele belo cadeado verde ao lado do URL. Mas será que você sabe exatamente como ele funciona e para o que serve? Continue por aqui que já descobrirá.

O Certificado SSL, ou simplesmente SSL, é um certificado (ava, é memo?) que criptografa as informações trocadas entre o cliente e o servidor, o que torna ainda mais difícil a vida daqueles que tentam interferir nessa transferência de informações para coletar os dados compartilhados. Este processo torna a conexão mais segura e confiável, principalmente quando se trata de um site que envolva pagamentos ou informações sigilosas.

Vale lembrar que o uso do Certificado SSL é praticamente indispensável hoje em dia, visto que um aviso incômodo pode aparecer quando o site não usa certificação, o que pode causar o descontentamento dos usuários e, consequentemente, perda de tráfego, que, dependendo do caso, pode estar diretamente relacionado com a perda de dinheiro e/ou vendas.

Agora que sabe como ele funciona, vamos ver os:

Tipos de Certificado

DV- Domain Validation (Validação de Domínio)

Este é o tipo mais comum, rápido, e barato de Certificado SSL; está presente em, aproximadamente, 47% dos sites que usam a conexão segura. Ele apenas faz a verificação de propriedade do domínio, ou seja, você precisará gerar um código CSR para gerar o domínio e, em alguns minutos, o seu certificado já estará disponível para uso.

Este certificado é muito simples, hoje em dia já pode inclusive ser obtido gratuitamente em planos de hospedagem e também através do Let’s Encrypt. A única alteração estética causada por este certificado é a adição do cadeado verde, além de habilitar o acesso via https.

Veja como o certificado é exibido em 3 dos principais navegadores:

Chrome:                                        Opera:                                      Firefox:

certificado ssl        certificado ssl         certificado ssl

Wildcard (Curinga)

O Wildcard é uma ótima opção para sites que possuem vários subdomínios, pois ele valida todos os subdomínios e o domínio principal de uma única vez, o que economiza tempo e, principalmente, dinheiro.

A emissão desse certificado é rápida, bem como o DV, sendo gerado em poucos minutos (dependendo do emissor e do subtipo). O ponto negativo é o valor, que é bem mais elevado que o de um certificado DV; só vale realmente a pena, em minha opinião, quando o site possui um grande volume de subdomínios.

A aparência do cadeado é igual à de um certificado simples (de validação de domínio), sendo apenas exibido o cadeado e habilitando o acesso via https.

OV – Organization Validation (Validação de Organização)

Este é um tipo mais profissional de validação, usado por entidades organizacionais (empresas, corporações e etc.). Para emissão deste tipo de Certificado SSL, é necessário ter uma empresa devidamente registrada e ativa.

O processo de emissão deste certificado normalmente demora alguns dias e requer a documentação da empresa e contato telefônico, para confirmar a procedência da mesma. Esse certificado é um pouco mais caro que o DV, e também não é tão fácil encontrar empresas que ofereçam certificação deste tipo.

Infelizmente, este certificado também só disponibiliza o cadeado verde, sem nenhuma alteração aparente no visual, sendo exatamente a mesma aparência do Certificado DV e Wildcard, este certificado também habilita o acesso por https.

MDV – Multi Domain Control (Múltiplos Domínios)

Como já deve dar pra perceber pelo nome, esse tipo de Certificado permite a validação em domínios diferentes, a quantidade de domínios aceita é pré-estabelecida na empresa onde o contratará.

Esse certificado tem um valor bem salgado e, diferente do Wildcard, ele precisa ser reemitido e reinstalado sempre que for necessário ativá-lo em um novo domínio. Para sua emissão, também é necessário fornecer a documentação da empresa. Para variar, não há nenhuma diferença estética em relação aos outros certificados que já citei aqui.

EV – Extended Validation (Validação Estendida)

Esse é o “Boss” dos Certificados SSL, é aquela coisa linda que deixa à mostra o nome da organização em uma barra verde, que é de cair o queiro. Esse tipo é muito usado por instituições financeiras, como, por exemplo: Banco do Brasil, Banco Itaú e PagSeguro.

Por trás de toda essa beleza, há todo um esforço (principalmente financeiro) para emitir o certificado, isso porque é necessário o mesmo processo para emissão do Certificado de Validação da Organização, ou seja, através do envio de documentos da entidade e a confirmação por telefone (esse processo costuma levar alguns dias).

A emissão do certificado também pode ser feita utilizando o CNPJ obtido por MEI (Micro Empreendedor Individual), porém a coisa fica um pouco diferente. Em vez de exibir o nome fantasia, ele exibirá a razão social, ou seja, o formato do certificado será: NOME FANTASIA (SEU NOME COMPLETO  SEUCPF)  [BR]: https://seusite.com. Como deu pra ver, fica bizarramente grande no navegador.

Vantagens

O cadeado

O cadeado em si já tem o seu valor (embora ainda seja possível tê-lo gratuitamente). Por mais que os usuários não saibam exatamente como funciona o certificado, eles já sabem que, ao verem o cadeado, estão em um ambiente seguro. Mas vale lembrar que o fato de ter um certificado não torna o site necessariamente confiável (como já vi em muitos sites de fraudes que usam o https), apenas é feita a criptografia dos dados, que impede terceiros de obterem informações, mas ainda sim o “próprio site” (quando mal intencionado) pode se aproveitar de suas informações e usá-las de forma indevida.

Segurança

Como já foi dito antes, o Certificado proporciona maior segurança nas transferência de informações entre servidor e cliente, criptografando todos os dados enviados e recebidos por ambas as partes. Isso ajuda a evitar que terceiros interceptem as informações compartilhadas e as usem de forma indevida.

Compatibilidade

Os Certificados SSL são compatíveis com 99% dos navegadores da atualidade, o que garante uma maior comodidade na proteção dos usuários, que não precisam trocar seu navegador predileto por um que reconheça o certificado.

Melhoria de SEO

Como já explicamos no artigo Como melhorar o posicionamento do seu site, sites que possuem Certificado SSL possuem vantagem sobre os que não o possui, pois o uso de https é umas das mais de 200 variáveis que o Google utiliza para posicionar os sites nas páginas de busca.

Empreendedor, estudante de Marketing e apaixonado por filmes, séries e todos os campos da informática.
Post criado 10

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo